Refrigerantes light podem estar relacionados com retinopatia diabética 0 85

16 de janeiro de 2019

O consumo de refrigerante light pode aumentar o risco de um tipo doença ocular diabética que pode conduzir à cegueira, avança um novo estudo.

 

Como consta no portal webmd.com, a investigação publicada no jornal “Clinical and Experimental Oftalmology”, é a primeira a avaliar a ligação entre refrigerantes e o que é chamado de retinopatia diabética proliferativa. «Na nossa amostra clínica de pessoas com diabetes, consumir mais de quatro latas, ou 1,5 litro de refrigerantes light por semana, foi associado a um risco redobrado de retinopatia diabética proliferativa», disse a Dra. Eva Fenwick, co-autora da publicação, ao jornal “Medscape Medical News”. Eva Fenwick é investigadora clínica do Singapore Eye Research Institute.

 

Como consta na publicação, a investigação incluiu 609 adultos, com diabetes tipo 1, diabetes tipo 2 e decorreu no Center for Eye Research Australia (CERA), localizado no Royal Victorian Eye and Ear Hospital, entre 2009 e 2010. A idade média dos participantes era de 64 anos e foram submetidos à medição objetiva da retinopatia diabética e do edema macular diabético com técnicas padronizadas para determinar de que forma os refrigerantes podem afetar as complicações microvasculares do diabetes. Os participantes relataram o consumo de refrigerantes num questionário de frequência alimentar com 145 perguntas. Do total da amostra, 46,8% ingeriam refrigerantes comuns e 31,2% ingeriam refrigerantes light. Quase um quarto dos pacientes do estudo revelaram retinopatia diabética proliferativa.

«Estes resultados suportam o crescente corpo de evidências que sugerem que o consumo regular e frequente de bebidas adoçadas artificialmente pode ter resultados vasculares prejudiciais», concluem os autores.

 

O estudo não deduziu os mesmos resultados entre as pessoas que bebiam refrigerantes açucarados normais, sendo que estes já foram apontados como um dos responsáveis pelo risco de doença cardiovascular.

Envie este conteúdo a outra pessoa