Presença assídua de algas marinhas na alimentação diária abordada em E-book 0 171

A Associação Portuguesa de Nutrição (APN) lança um e-book focado no contributo nutricional das algas marinhas para a alimentação diária.

As algas são uma excelente fonte de proteína, fibra, lipídios, vitaminas e minerais e o seu consumo, como de qualquer alimento, deve ser ponderado e em quantidades razoáveis, informa a APN em comunicado.

Prevê-se que em 2057 o consumo de proteínas alternativas corresponda a uma percentagem de 33%, e que 11% deste consumo seja proveniente das algas. Em Portugal, tem-se registado o aumento da produção de algas, respondendo ao à tendência crescente do seu consumo verificado nos últimos anos. Como consta na informação da APN, os países asiáticos continuam a ser os principais consumidores, mas a União Europeia, no ano de 2016, passou a ocupar a segunda posição, tendo importado 180 mil toneladas de produtos de algas marinhas.

É esta tendência e o facto das algas continuarem a ser um alimento desconhecido para grande maioria da população portuguesa, que levou a APN a preparar o lançamento do E-Book “Algas a gosto: Considerações nutricionais e de saúde”. O E-book reúne um conjunto de informações técnico-científicas sobre as algas (microalgas e macroalgas), disponibilizando dados fidedignos sobre o assunto e promovendo um consumo consciente, de forma a tirar o maior proveito dos seus benefícios na alimentação do dia-a-dia.

No E-book encontram-se considerações nutricionais e de saúde, informações práticas sobre a sua utilização e cuidados a considerar, bem como ideias de como incluir as algas no dia-a-dia podem ser consultadas no E-Book da APN que foi apresentado a semana passada nas jornadas: “Inovação na Utilização de Algas Marinhas”, coordenadas pelo IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera

E-Book “Algas com gosto: Considerações nutricionais e de saúde” está disponível para consulta aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa