Plataforma “Alimente quem o alimenta” com mais de mil produtores 0 28

A plataforma “Alimente quem o alimenta”, lançada pelo Ministério da Agricultura há cerca de um mês, já reúne mais de mil produtores e teve mais de cem mil interações com potenciais compradores.

O anúncio partiu da ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, que lembrou que a criação desta plataforma teve como objetivo aproximar os produtores dos consumidores, de forma a minimizar os efeitos da pandemia da covid-19.

“Já tivemos mais de cem mil interações, sabendo que mais de 30 mil chegaram ao fim de toda a cadeia. Só ainda não sabemos, mas estamos a fazer esse trabalho de auscultação junto dos produtores, dessas 32 mil interações que chegaram ao fim quem é que verdadeiramente comprou”, afirmou.

Através desta plataforma, qualquer produtor poderá anunciar os seus produtos e cabazes disponíveis para entrega, e qualquer consumidor poderá pesquisar por concelho e por produtos e encomendá-los.

Para a ministra da Agricultura: “cabe a todos nós fazermos com que esta forma de comércio digital possa, cada vez mais, servir o nosso país, nomeadamente as regiões mais rurais, com menor densidade populacional e, com isso, sermos capazes de alimentar a economia local, regional e familiar, essencialmente, valorizar aquilo que é nosso”, sublinhou.

Envie este conteúdo a outra pessoa