Investigadoras do i3S lançam livro sobre obesidade 329

Rosário Monteiro e Maria João Martins, duas investigadoras do Instituto de Investigação e Inovação em Saúda da Universidade do Porto (i3S) lançaram o livro “Understanding Obesity: From its Causes to Impact on Life”, sobre as causas e consequências da obesidade e formas de a abordar.

Neste livro são “abordadas desde causas sociais e comportamentais da obesidade, passando por fatores anteriores ao nascimento, pelos poluentes a que estamos expostos ao longo da vida e pelas bactérias que vivem no nosso intestino, até ao que comemos e aos mecanismos fisiológicos para gastarmos ou acumularmos a energia obtida através da alimentação”, indica o portal da Universidade do Porto.

De acordo com o portal da Universidade do Porto, as autoras esperam que “este livro possa alertar e informar para a necessidade de olhar para a obesidade como uma doença cuja abordagem deve estar entre as nossas prioridades e possa contribuir para habilitar profissionais de saúde para essa atuação”, numa altura “em que a prevalência da obesidade continua a aumentar a nível mundial e também em Portugal e em faixas etárias cada vez mais jovens”.

Este livro é direcionado para “educadores, professores e investigadores na área biomédica e para profissionais de saúde de forma transversal, por exemplo médicos de família, endocrinologistas, nutricionistas e enfermeiros, mas também para decisores na área da saúde e noutros contextos profissionais que procuram um entendimento abrangente sobre as causas e consequências da obesidade e formas de a abordar”.

Rosário Monteiro tirou o curso de Nutrição e depois o de Medicina e está a concluir a especialidade em Medicina Geral e Familiar. Maria João Martins é Bioquímica. Ambas são professoras auxiliares na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), integram a Unidade de Bioquímica do Departamento de Biomedicina da FMUP, e fazem investigação no grupo do i3S Metabolismo, Nutrição e Endocrinologia, liderado por Raquel Soares.

O livro conta ainda com a contribuição de especialistas de várias áreas e de diferentes instituições nacionais, incluindo a FMUP, a Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FADEUP), o o Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) e o CINTESIS.

Envie este conteúdo a outra pessoa