Indústria agroalimentar portuguesa deverá ultrapassar os 17 mil M em volume de negócios 0 111

A indústria agroalimentar portuguesa deverá ultrapassar, em 2019, os 17 mil milhões de euros em volume de negócios. Quem o diz é Jorge Henriques, presidente da Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares (FIPA).

Este esteve presente no 7º Congresso da FIPA, sob o lema “O futuro da alimentação”, e aproveitou para indicar que a indústria agroalimentar portuguesa irá ultrapassar este ano os 17 mil milhões de euros em volume de negócios, e que desses, cinco mil milhões “são fruto do trabalho ao nível das exportações, representando 19% do total da indústria transformadora”.

Para além disso, ainda salientou, que a indústria é composta por um universo de mais de 11 mil empresas, e responsável por cerca de 115 mil postos de trabalho diretos e 500 mil indiretos.

“A verdade é que, se por um lado é o maior setor industrial do país, tanto ao nível da criação de riqueza como de emprego, por outro lado a indústria agroalimentar tem sido alvo de intervenções e iniciativas sem fundamento que colocam em causa a sua reputação e desvalorizam, quase sempre, a importante evolução que tem sido feita com vista a dar reposta aos dinâmicos desafios da sociedade”, afirmou o responsável da FIPA.

Jorge Henriques aproveitou para deixar um alerta sobre as “medidas de caráter unilateral e impositivas por parte do Governo ou do Parlamento terão consequências de muito menor alcance ao nível da saúde pública. (…) E é por tudo isto que não aceitamos que a indústria agroalimentar continue a ser o ‘bode expiatório’ de todos os problemas relacionados com a saúde”.

Envie este conteúdo a outra pessoa