FAO lança Food Coalition 371

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO na sigla em inglês), lançou esta quinta-feira, a Food Coalition, uma aliança global voluntária, multisetorial e unificada em resposta à covid-19 que pretende colocar a meta “Fome Zero” novamente em curso.

Tendo em conta que em apenas seis meses, a covid-19 alcançou todas as partes do mundo com efeitos de longo prazo nos sistemas alimentares, segurança alimentar e nutrição, e levou a que 690 milhões de pessoas fossem para a cama com fome, a FAO alerta para o facto de que a pandemia pode levar entre 83 a 132 milhões pessoas à fome em 2020.

Este é um problema global que precisa de resposta global e ação conjunta, a fim de evitar que a crise de saúde se transforme em crise alimentar.

Por isso, a Food Coalition proposta pelo Governo da Itália e liderada pela FAO, pretende mobilizar apoio para ações globais unificadas em resposta covid-19, não apenas para garantir o acesso global aos alimentos, mas também para aumentar a resiliência e, em muitos casos, a transformação dos sistemas agroalimentares de forma mais sustentável.

Tendo em conta o momento de pandemia em que vivemos, a Food Coalition pretende apoiar os esforços existentes e futuros para ajudar os países a voltarem ao caminho certo para cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, com foco no Fim da Fome e na Erradicação da Pobreza.

Deste modo, a Food Coalition defenderá o fortalecimento dos sistemas agroalimentares em todo o mundo e aumentará a conscientização, mobilizará recursos financeiros e conhecimentos técnicos e buscará inovação e conhecimento em apoio aos países mais necessitados.

Para saber mais sobre este projeto, consulte aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa