Exposição sobre os 100 anos da descoberta da insulina chega a Évora com apresentação do Programa de Liderança em Diabetes 451

A exposição itinerante “Uma Visita à História da Diabetes no Centenário da Descoberta da Insulina” chega no próximo dia 21 de janeiro ao Alentejo, mais precisamente ao Corredor de Sociologia no Colégio Espírito Santo, na Universidade de Évora, onde poderá ser visitada até dia 4 de fevereiro, entre as 9 e as 19 horas. Antes da inauguração oficial, haverá uma sessão na Sala de Docentes do Colégio do Espírito Santo, no dia 21 de janeiro, às 15h, onde será apresentado o Programa de Liderança em Diabetes.

A sessão conta com a abertura de Ana Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora, e a presença de Luís Gardete Correia (presidente da Fundação Ernesto Roma e membro da Comissão Executiva das Comemorações do Centenário da Descoberta da Insulina) e João Valente Nabais (vice-presidente da Federação Internacional da Diabetes, professor associado da Universidade de Évora e assessor da Direção da APDP), que irão abordar a história da diabetes e apresentar o Programa de Liderança em Diabetes, respetivamente. O encerramento contará com a intervenção de Margarida da Silveira, vogal do Conselho Diretivo da ARS Alentejo.

“A chegada da exposição a Évora é a oportunidade ideal para a apresentação do Programa de Liderança em Diabetes, que tem como objetivo capacitar jovens adultos com diabetes para assumirem funções de liderança nas organizações e na sociedade “, explica João Valente Nabais.

Até dia 4 de fevereiro, os visitantes são convidados a explorar os principais marcos históricos relativos ao tratamento da diabetes desde o antigo Egipto (1550 A.C.) até 1921, ano no qual os cientistas Frederick Banting e Charles Best, em colaboração com MacLeod e Collip, descobriram e aplicaram a insulina com sucesso pela primeira vez.

A exibição, que pretende percorrer Portugal de norte a sul e que iniciou o seu percurso em Lisboa, esteve já presente em cidades como Coimbra, Porto e Braga e ainda nas ilhas Açores e Madeira. Para mais informações, consulte www.100anosinsulina.pt.

WordPress Ads
Envie este conteúdo a outra pessoa