Estudo: restrição de hidratos de carbono ajuda a reduzir a gordura hepática 254

De acordo com um estudo denominado por “A Carbohydrate-Reduced High-Protein Diet Improves HbA1c and Liver Fat Content in Weight-Stable People With Type 2 Diabetes”, publicado na revista ciêntifica “Practice Update“, uma restrição de hidratos de carbono pode ser uma ferramenta muito útil para melhorar o controlo glicémico.

O estudo indica que para além de melhorar o controlo glicémico, uma restrição de hidratos de carbono ajuda a reduzir a gordura hepática em pessoas com diabetes tipo 2.

Contudo não se verificou que esta restrição de hidratos de carbono levasse a perda de peso, nem se verificou que o índice de massa corporal tivesse diminuido.

O estudo indica que o ideal era consumir até 130g de hidratos de carbono por dia.

Esta redução de hidratos de carbono é algo proposto também pela Associação de Diabetes Britânica e a Associação Americana.

Para se realizar este estudo, foram seleccionadas apenas 28 pessoas.

Lembrar que a diabetes se caracteriza por um aumento de açúcar no sangue, esse aumento acontece na maioria das vezes quando ocorre a digestão de alimentos. Mas nem todos os alimentos provocam uma resposta rápida e/ou com grande necessidade de insulina.

O faz elevar os níveis de açúcar são maioritariamente os hidratos de carbono, estando estes mais presentes em massas de trigo, no pão, batata, arroz, fruta (nem todas). A redução deste tipo de alimentos pode levar a um melhor controlo dos níveis de açúcar no sangue.

Consulte o estudo aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa