Escolas premiadas em desafio de promoção da reciclagem e alimentação saudável 0 93

Foi anunciado o encerramento do desafio “As melhores ideias dão frutos, a brincar ao Carnaval”, uma iniciativa que pretende sensibilizar os jovens para a proteção do ambiente, a importância da reciclagem e do consumo de fruta na alimentação diária. A edição, levada a cabo pela Tetra Pak e a Compal, em parceria com o Programa Eco-Escolas da Associação Bandeira Azul da Europa, premiou seis escolas de todo o país.

O passatempo “As melhores ideias dão frutos, a brincar ao Carnaval” teve o seu início em janeiro e contou com a participação de mais de 120 mil alunos de cerca de 270 escolas portuguesas da rede nacional de Eco-Escolas. Foram criadas máscaras originais a partir de embalagens de cartão da Tetra Pak da marca Compal, e no final foram recebidos mais de 200 trabalhos.

Como informa comunicado conjunto das instituições, a iniciativa incluiu a atribuição de material de apoio a cada uma das escolas vencedoras, de para o apoio ao alcance da sustentabilidade. Cada escola vencedora recebeu o montante de 500,00€ em materiais.

Os vencedores do passatempo foram distribuídos em dois escalões: o primeiro relativo aos jardins de infância e a escolas do 1.º ciclo do ensino básico, e o segundo a escolas de outros níveis de ensino até ao 3.º ciclo. Foram ainda atribuídas sete menções honrosas.

Ingrid Falcão, responsável pela área de sustentabilidade da Tetra Pak Ibéria afirma que «o desafio colocado foi largamente superado. A criatividade e o empenho dedicados em todas as máscaras de Carnaval que recebemos é uma clara demonstração de como é possível começar a incutir desde tenra idade práticas sustentáveis que destacam a variedade de utilização de produtos que fazem parte do nosso dia-a-dia. […] temos ainda o benefício adicional de fazer com que escolas e alunos adotem hábitos de consumo sustentáveis e saudáveis».

Marketing Manager da Sumol+Compal, Ana Rita Martins declara que «Pretende-se promover a prática de uma sustentabilidade ambiental, decisiva para o nosso futuro enquanto planeta, e de uma alimentação saudável, com a promoção do consumo de frutas e vegetais. Estamos por isso a formar melhores cidadãos e a contribuir, positivamente, para a saúde e o bem-estar das próximas gerações».

Já Margarida Gomes, coordenadora nacional do Programa Eco-Escolas, faz notar a necessidade de alertar crianças e jovens para as questões ambientais e de sustentabilidade, «uma vez que, se o consumidor for um cidadão informado isso vai também obrigar o tecido empresarial a ajustar os seus objetivos. Relativamente ao Eco-Escolas, a parceria com a Tetra Pak e a Compal, dando a conhecer as preocupações que estas empresas possuem quer ao nível da embalagem (certificação FSC) quer ao nível do conteúdo da mesma (mais saudável) é fundamental para a divulgação destas alternativas que já temos à nossa disposição.

Para mais informações sobre o concurso e os seus vencedores, visite o site. .

Envie este conteúdo a outra pessoa