APCL realiza webinar para desmitificar os principais receios associados ao diagnóstico de linfoma 149

A Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) realiza no próximo dia 17 de dezembro, entre as 17h e as 20h, um webinar para esclarecer algumas dúvidas e receios associados ao diagnóstico de linfoma. O objetivo é que esta sessão seja mais uma ferramenta de apoio para que os doentes percecionem que esta é uma patologia que conta com cada vez mais e melhores tratamentos.

Maria Gomes da Silva, hematologista e membro do conselho de administração da APCL, afirma que “o diagnóstico de linfoma é sempre um choque para o doente e a sua família. Uma vez que são doenças oncológicas, inspiram preocupações pois estão, por vezes, associadas a tratamentos complexos, com efeitos secundários, e administrados por equipas médicas de especialistas muito diferenciados. Contudo, é importante explicar aos doentes que é possível ter bons resultados no tratamento destas patologias.”

O webinar será composto por quatro intervenções para abordar os diferentes tipos de linfomas. A sessão arranca com o Dr. João Raposo, do Hospital de Santa Maria, sobre “Linfomas não Hodgkin indolentes”. A segunda e terceira sessão contam com a presença da Dra. Rita Coutinho, do Hospital de Santo António, e da Dra. Marília Gomes, do CHUC de Coimbra, para explorar os “Linfomas não Hodgkin agressivos” e os “Linfomas de Hodgkin”, respetivamente. A iniciativa acaba com o tema “Toxicidades tardias do tratamento”, apresentado pela Dra. Francesca Pierdomenico, do IPO de Lisboa.

Com moderação do jornalista Paulo Farinha, o evento conta ainda com algum tempo entre as sessões para que os doentes possam colocar as suas dúvidas, interagindo diretamente com o médico em questão. A participação no webinar será gratuita e a inscrição poderá ser feita aqui (https://forumdideias.eventsair.com/apcl2020/registos/Site/Register?fbclid=IwAR3jcbxZYerqZNgHuTAw76rcW0_2noZBZkjXM1SLfAuoVv-vykcVoaKX-4c).

Envie este conteúdo a outra pessoa