Notícias

Oncologista: Um terço dos cancros podiam ser evitados com hábitos saudáveis

 


05 de fevereiro de 2018

A coordenadora do Serviço de Oncologia do Instituto CUF de Oncologia, Ana Raimundo, defendeu, numa entrevista ao “DN”, que se pode reduzir «até um terço dos casos de cancro com hábitos de vida saudáveis».

No entender desta médica, deve haver uma responsabilização individual, social e comunitária na prevenção da doença.

«A responsabilidade individual diz respeito à consciencialização, à transmissão de informação sobre a prevenção mais eficaz, que deve começar logo nas escolas», explicou Ana Raimundo.

Mas este é um assunto que também deve ser explorado junto da população adulta. Para a médica oncologista é preciso «relembrar que a doença existe, que é possível preveni-la com a alteração de hábitos de vida e que devem estar atentos ao diagnóstico precoce». Ana Raimundo acredita que aqui as juntas de freguesia poderiam ter um papel importante na prevenção e acompanhamento das doenças oncológicas, devido à proximidade com as populações.

A cada ano surgem aproximadamente 50 mil novos casos de cancro em Portugal, existindo um aumento anual da incidência na ordem dos 3%.