Notícias

OMS e UNICEF lançam recomendações para promover a amamentação

 


12 de abril de 2018

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância é um órgão das Nações Unidas) lançaram, ontem, uma revisão dos 10 passos recomendados aos profissionais de saúde e hospitais para que promovam a amamentação (“Ten Steps to Successful Breastfeeding”).

«Amamentar os bebés ao longo dos dois primeiros anos de vida poderá salvar, todos os anos, a vida de mais de 820 mil crianças com menos de 5 anos», lê-se no site da OMS.

Henrietta H. Fore, diretora executiva da OMS, explica, contudo, que a amamentação requer «apoio, encorajamento e orientação. Com estes passos básicos, implementados adequadamente, podemos melhorar significativamente as taxas de aleitamento materno em todo o mundo e dar às crianças o melhor início de vida possível».

Já o director geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, realçou que «os hospitais não existem apenas para curar os doentes. Estes devem promover a vida e garantir que as pessoas conseguem prosperar e viver as suas vidas em todo o seu potencial».

Esta nova orientação enumera os passos práticos que os países devem implementar para proteger, promover e apoiar o aleitamento materno em instalações que prestam serviços de maternidade e neonatologia. O objetivo é ajudar as mães a iniciar a amamentação na primeira hora e amamentar em exclusivo durante seis meses.